Descrição

O jardim dos sentidos tem como objetivo a percepção e valorização do mundo vegetal por outros meios além do olhar e sim através do cheiro, do gosto e do toque.


Ele é composto por uma coleção de plantas aromáticas, com folhas de diversas texturas, flores coloridas e fonte de água que estimulam os sentidos de adultos e crianças.


No jardim dos sentidos o visitante pode tocar nas plantas sentindo seu aroma e textura, sendo assim a percepção das plantas são utilizadas no cotidiano.


No dia a dia temos a impressão de perceber tudo através dos olhos, como se os outros sentidos estivessem adormecidos.


Na verdade, as relações do homem com seu mundo dependem de uma série de informações que instigam a mover-se para investigar, para buscar ou para defender-se, de maneira precisa e adequada, evitando lesar ou ser lesado.


A função desse jardim sensorial é a de retomar esses sentidos, avivar a percepção adormecida, torná-la real novamente.


VISÃO - Diferentes qualidades de plantas, com ou sem flores, promove estímulo, através de tamanhos, formas e cores diferentes.

TATO - Estimulando no contato direto com as plantas.

OLFATO - O olfato será estimulado por um conjunto de diferentes estímulos dados por ervas aromáticas, entre os chás, os temperos e os perfumes.

GUSTAÇÃO - Tão importante na formação do paladar junto com a olfação, a associação será feita através do gosto de algumas ervas do jardim.

AUDIÇÃO - O ambiente na formação do paladar junto com a olfação, a associação será feita através do gosto de algumas ervas.


Cliente